Os técnicos Dana explicam a manutenção de cardans e componentes da série Spicer Life

Os cardans da série Spicer Life têm uma série de particularidades. Confira as dicas que nossos técnicos têm para compartilhar com você.

Na série de vídeos técnicos Spicer Garage você aprende como fazer a correta manutenção dos produtos Spicer. Preparados por técnicos com experiência internacional, estes vídeos explicam a importância entre o fazer e o fazer direito, ajudando você a consertar corretamente e com conhecimento especializado.

Nesta edição, selecionamos as rotinas de manutenção de cardans e componentes da série Spicer Life. Acompanhe.

A escolha, montagem dos itens e a instalação correta dos conjuntos de eixos cardans Spicer são passos fundamentais para garantir uma operação adequada e segura desses componentes e de outros sistemas associados.

A falta de atenção aos procedimentos corretos pode resultar em falhas, vibrações e desgastes prematuros. Também podem causar ferimentos ou danos materiais. Por isso, siga sempre as instruções Spicer.

Juntas universais e juntas deslizantes

Os eixos cardans 170 da série SPL foram projetados para caminhões semipesados. Apesar de precisarem de menos cuidados do que os eixos cardans convencionais, é fundamental conhecer as técnicas corretas de manutenção para se poupar tempo e dinheiro.

 

Estas instruções darão todas as informações para que os eixos cardans SPL 170 tenham uma vida útil maior e os seus clientes voltem mais rápido para a estrada.

Para trabalhar com o eixo cardan talvez seja necessário usar uma talha com cintas para levantar e posicionar o componente.

Como os eixos cardans SPL 170 chegam a pesar mais de 40 kg, não tente levantá-lo sozinho. É melhor ter outra pessoa para ajuda-lo durante a manutenção, segurando o outro lado do eixo cardan.

Após posicionar o cardan com segurança na talha use um soquete sextavado para trabalhos pesados na hora de remover os parafusos das abas. Um soquete normal não tem a resistência suficiente para fazer este trabalho. Os soquetes comuns podem danificar os parafusos ou os parafusos podem acabar quebrando o soquete.

Posicione a chave e remova os parafusos de todos os lados da cruzeta.

Jogue fora os parafusos antigos. Estes não devem ser reutilizados quando retirados da cruzeta. A reutilização dos parafusos pode causar falhas na junta universal.

Depois, posicione o garfo sobre um pequeno tubo ou dispositivo usinado e coloque as peças na prensa.

O dispositivo deve ser grande o suficiente para permitir a passagem da capa da cruzeta.

Se a ponta da prensa for mais larga que a capa da cruzeta também será necessário usar um disposto com um diâmetro menor para empurrar a capa através do garfo e evitar danos aos componentes.

É essencial que o eixo esteja bem nivelado na hora de remover as capas das cruzetas. Se o eixo cardan estiver torto as capas não ficarão retas e podem danificar os olhais do garfo.

Utilizando a prensa, pressione a capa aos poucos até que o corpo da cruzeta faça contato com a parte interna do garfo.

Se esse contato não ocorrer será necessário usar um dispositivo mais longo ou mudar a altura da mesa da prensa.

Nunca aplique muita pressão nas capas da cruzeta ou você poderá danificar a parte interna do garfo.

Pode parecer que a capa da cruzeta sairá fácil do garfo após a prensagem. Mas isso não acontece, ela ficará no lugar presa pela vedação. Para remove-la, use um alicate.

A seguir, vire o eixo cardan com a ajuda de um ajudante e o posicione novamente na prensa. Novamente, é essencial que o eixo cardan esteja nivelado para se fazer o trabalho corretamente. Também é fundamental que todas as peças estejam alinhadas na prensa.

Quando necessário, use um martelo de borracha para colocar os componentes no lugar. Se os componentes não estiverem alinhados a cruzeta pode ir para o lado durante a prensagem, tornando mais difícil a retirada da capa.

Geralmente não é preciso utilizar muita força para retirar a segunda capa. Então, prense com cuidado até que a cruzeta faça contato com a parte interna do garfo. Após a prensagem, use novamente o alicate para retirar a capa. Feito isso, a cruzeta poderá ser removida com facilidade do garfo.

Após a retirada da cruzeta, faça uma inspeção detalhada no garfo procurando sinais de danos. Se o garfo estiver danificado, precisará ser trocado.

Se o garfo estiver em boas condições, será preciso apenas instalar a cruzeta nova.

Não aplique graxa, óleo ou outros lubrificantes. Esses lubrificantes podem ocasionar rotação das capas.

   

Montagem das cruzetas

Escolha um novo kit de cruzeta Spicer indicado para o eixo cardan que você está trabalhando.

Neste caso, é um SPL 170. Na caixa você encontrará uma nova cruzeta, suas quatro capas, dois gabaritos para prensagem. Os gabaritos que vêm com o kit permitem que você deixe as capas da cruzeta com a altura correta para a montagem das abas.

As capas são enviadas com uns dispositivos vermelhos para que os roletes não caiam durante o transporte. Eles precisam ser removidos antes de começar a montagem.

O manual do cardan SPL 170 recomenda que seja aplicada graxa dentro das capas antes da montagem da cruzeta. Mas esse procedimento também pode ser feito depois.

Neste treinamento, optamos por aplicar um pouco de graxa nas capas para que ela seja purgada durante a lubrificação final. É o procedimento mais correto.

Note que a cruzeta tem uma graxeira no centro.

Posicione a cruzeta com a graxeira voltada para dentro em direção ao tubo. A graxeira também deve ficar com as pontas voltadas para cima e para baixo, nunca nas laterais. Se posicionamento é muito importante. Lembre-se que será preciso acessá-la facilmente para fazer a lubrificação final da cruzeta.

Coloque a cruzeta solta dentro do garfo. Mas tome muito cuidado enquanto a cruzeta estiver solta para não a danificar.

A exemplo da desmontagem, o cardan deve estar bem nivelado para que a instalação seja um sucesso.

Coloque a primeira capa na parte de baixo da cruzeta.

Depois posicione um dos gabaritos de instalação. Segure os componentes no lugar e coloque o conjunto na prensa. Use uma barra de metal bem resistente na parte de cima do garfo. Comece a prensar, empurrando o garfo em direção à capa até que o gabarito fique completamente apoiado na face do garfo. Deixe o gabarito no lugar por enquanto.

Durante a prensagem é preciso estar sempre atento ao nivelamento das peças. Também desconfie se a capa entrou. Pode ser um sinal que o garfo está com muita folga e precisará ser trocado.

Outro cuidado é com a centralização da cruzeta. Ela precisa estar na posição exata para a instalação ser bem-sucedida. Caso contrário, podem aparecer vibrações e outros problemas.

Dando sequência a montagem, posicione a segunda capa, o gabarito de instalação e repita todo o processo. Prense até que os dois gabaritos fiquem apoiados nas faces do garfo. É importante lembrar que os gabaritos de instalação não foram projetados para fazer um posicionamento exato das capas.

No entanto, os gabaritos deixam as capas muito próximas da medida ideal.

Confira se as capas estão 0.214 polegadas (5,5 milímetros) acima das faces do garfo.

Se não estiverem você pode bater suavemente com um martelo de borracha ou prensá-las mais um pouco até ficarem na posição ideal.

Use uma catraca com um soquete sextavado de 8 milímetros para colocar os parafusos. Faça o aperto final com um Torquímetro, aplicando os valores indicados na caixa da cruzeta. A tabela traz os valores em Libra-força pé (lbf.ft) e Newton-metro (Nm).

Para o cardan SPL 170, por exemplo, os parafusos devem ser apertados com 35 a 40 Nm (25 a 30 lbf.ft).

Após apertar todos os parafusos verifique se a cruzeta não ficou rígida. O movimento da cruzeta deve ser firme, mas suave. Como todos os componentes são novos a rigidez costuma ser maior no início, mas a peça ficará mais solta após o uso.

Bata suavemente com um martelo de borracha nas capas que foram prensadas, para deixa-las bem assentadas.

Por último, coloque as duas capas que faltam.

O passo seguinte é lubrificar a cruzeta.

A Spicer recomenda que as cruzetas sejam engraxadas antes da instalação do cardan. Geralmente, é mais complicado fazer a lubrificação no veículo.

Pegue um grampo do tipo sargento e posicione nas duas capas que não foram prensadas. Trave o grampo sem apertar muito. Posicione a engraxadeira na graxeira e inicie o processo.

A graxa para cruzetas precisa ser à base de sabão de lítio com aditivos para extrema pressão (EP) e grau de consistência NLGI 2.

A graxa deve ser aplicada até purgar nas quatro capas.

Quando isso ocorrer, aperte um pouco mais o grampo para forçar a saída do excesso de graxa.

Por último, limpe a cruzeta e retire o grampo.

Montagem da coifa da junta deslizante

Com a nova cruzeta instalada e lubrificada, o próximo passo é trocar a coifa da junta deslizante. Sua função é impedir que o lubrificante escape ou que contaminantes danifiquem o conjunto.

Antes de desmontar as peças é importante usar um marcador industrial para anotar o posicionamento. Use uma régua de metal para fazer as marcas com precisão. Esse cuidado garante a remontagem correta do cardan. Faça marcações no garfo e no tubo.

Também fique muito atento com alguns modelos de cardans que possuem montagens especiais. Quando isso ocorre, geralmente o cardan traz gravado nas peças algumas setas indicando o posicionamento correto

Para retirar as abraçadeiras, use uma chave de fenda e um martelo. Este trabalho costuma ser fácil e rápido.

Depois, recolha um pouco a coifa e marque a sua posição original. No caso do cardan SPL 170 o correto é a coifa ficar instalada a 2.25 polegadas (57 milímetros) da junção do garfo com o tubo.

Após fazer as marcações, desmonte o cardan.

Primeiro, inspecione as condições da ponteira. Veja se o entalhamento não está danificado ou perdeu o revestimento azul Spicer Glidecote, que elimina as folgas e reduz o atrito.

A seguir, faça uma inspeção na luva. Se houver algum problema na ponteira ou na luva, o conjunto da junta deslizante deverá ser trocado.

Como essas duas peças, a ponteira e a luva, trabalham encaixadas com grande precisão, não é possível misturar itens novos com usados. A manutenção correta é trocar o par e instalar peças da mesma marca.

Também é preciso prestar muita atenção ao estado da coifa. Se ela estiver danificada, água ou outros contaminantes podem entrar na junta deslizante e danificar os entalhados.

Após inspecionar os componentes, faça uma limpeza cuidadosa nas peças.

O conjunto da junta deslizante precisa estar bem limpo e seco.

A seguir, instale uma nova coifa da Spicer. O kit original Spicer traz a coifa, as duas abraçadeiras e um pacote de graxa com a quantidade exata.

Use um pincel para aplicar a graxa na luva e na ponteira. Certifique-se que cada ranhura esteja coberta com graxa. No entanto, cerifique-se que a graxa não entre em contato com o tubo em si. Isso pode deixar o tubo escorregadio demais e apagar as marcas que fez anteriormente para a configuração. Também pode fazer a bota escorregar depois de presa.

Em seguida, cubra a parte do eixo do garfo com graxa. Mas cuide para não cair graxa na parte exterior do anel. E também, graxa demais causará a saída da graxa quando o eixo do garfo e o eixo da transmissão forem unidos, deixando o eixo da transmissão escorregadio e de difícil manuseio.

A bota nova deve estar completamente seca para a instalação.

Pegue os grampos de metal do kit de troca e coloque nas pontas da bota nova.

A bota deve ser instalada primeiramente no eixo do garfo. Assim que estiver posicionada no eixo do garfo, coloque o eixo do garfo no eixo de transmissão.

As marcações que fez anteriormente devem ficar alinhadas. Posicione a ponta da bota na marcação de 2,25 polegadas feita no ombro do eixo do garfo. Levante os grampos da bota.

Neste momento, a bota deve estar acoplada no ombro do eixo do garfo e a 2,25 polegadas de distância da junta universal.

Escolha uma das ferramentas de instalação do manual da série Spicer Life e aplique a força da ferramenta ao primeiro grampo. Quando a trava e o grampo começarem a enrolar levemente, libere a pressão da ferramenta.

Não aplique força demais, senão corre o risco de quebrar.

Ao fazer este procedimento com a ferramenta de precisão WA38, uma chave de torque pode ser usada para garantir o fechamento adequado do grampo. Consulte o manual da série Spicer Life para as corretas especificações de torque.

O grampo deve ficar no limite da bota e não no ombro do eixo do garfo.

Se a bota não for presa corretamente, água entrará na bota, causando ferrugem e desgaste prematuro.

Se o selo sair um pouco após a instalação, coloque no lugar suavemente, com ajuda de um martelo. O selo do grampo não deve ficar alto demais ou o grampo pode ser arrancado da bota.

Complete a instalação repetindo este procedimento no segundo grampo de metal.

A Spicer oferece uma gama completa de eixos de transmissão e juntas universais para a maioria dos veículos de carga pesada.

A manutenção adequada é essencial para prolongar sua vida útil.

[geot country="BR"] [/geot] [geot country="AR"]

De acuerdo con su ubicación quizás le interese visitar www.dana.com.ar. Si desea cambiar de país por favor haga click aquí.

[/geot] [geot country="CO"]

De acuerdo con su ubicación quizás le interese visitar www.dana.com.co. Si desea cambiar de país por favor haga click aquí.

[/geot] [geot country="EC"]

De acuerdo con su ubicación quizás le interese visitar www.danaecuador.com.ec. Si desea cambiar de país por favor haga click aquí.

[/geot]