SolidariDana arrecada mais de 86 toneladas de alimentos e bate recorde de doações

O Programa SolidariDana bateu recorde de doações e arrecadou mais de 86 toneladas de alimentos em 2004. Foram sete eventos em grandes cidades do País: Curitiba (PR), Blumenau (SC), Goiânia (GO), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Porto Alegre (RS) e Presidente Prudente (SP), com a participação de mais de 6.000 pessoas. O SolidariDana é um programa de palestras voltadas ao segmento de reparação automotiva que combina ações com o mercado e de responsabilidade social.

A ação solidária da Dana acontece desde 1998 e aproveita a reunião de profissionais do setor automotivo, que discutem temas relacionados ao gerenciamento de seus negócios, para promover uma ação social na região onde o evento ocorre. Em uma única palestra, realizada no mês de novembro em Curitiba (PR), o SolidariDana conseguiu arrecadar mais de 37 toneladas de alimentos não-perecíveis, com 1.590 participantes, entre distribuidores, varejistas e mecânicos. O recorde anterior em um único evento era de 10 toneladas, registrado no mês de abril, na feira Autosports Motorshow Adventure, em São Paulo.

O programa parte do princípio básico de que toda empresa precisa comunicar-se com o seu mercado. “E nós fazemos isso com as palestras que mobilizam a cadeia automotiva. Ao final de cada programa, os alimentos são doados para associações assistenciais da região onde aconteceu o evento. As entidades são escolhidas pelos próprios organizadores”, explica Luciano Pires, diretor de Comunicação Corporativa da Dana.

Ação independente

Além do SolidariDana, na mesma linha de integração de ações sociais ao próprio negócio da empresa, a Dana criou a Vending Machine Solidária, uma espécie de máquina de vender refrigerantes ou salgadinhos, mas que contém produtos promocionais. A máquina é utilizada em feiras e exposições, sempre junto aos estandes da empresa. O visitante contribui com uma certa quantia em dinheiro, recebe uma ficha da máquina, e retira o brinde, como bonés e camisetas. O valor arrecadado é doado para entidades assistenciais. “Estamos fazendo com que o conceito de responsabilidade social seja um componente fundamental nos negócios da empresa”, diz Luciano Pires.