LÁ TEM DANA: Novos dutos de combustível multicamadas

A Dana começará a produzir novos dutos de combustível multicamadas que atenderão diversas aplicações na Europa, América do Norte e América do Sul. A empresa obteve uma licença de cinco anos da companhia japonesa Nitta Moore Co. Ltd. para utilizar o polibutileno naftalato (PBN) na produção de tubulação multicamadas para o mercado de combustível automotivo.

O PBN pode ser extrudado em pequenas ou grandes quantidades com configuração condutível, não-condutível e ondulada. Este produto inovador pode ser aplicado na fabricação de dutos de alimentação, retorno e vapor de combustível, bem como nos bocais de abastecimento do tanque de combustível. Quando comparado à antiga tubulação multicamadas de fluoropolímero, a melhora é evidente, com menor infiltração, descarga eletrostática, além de ganho em peso e custo.

“A vantagem da tubulação multicamadas PBN é a menor permeabilidade com preço mais competitivo em relação às outras opções de tubulação atuais”, disse Mike Laisure, presidente do Grupo de Gerenciamento de Motores e Fluidos da Dana. “Nossa parceria com a Nitta Moore vai gerar múltiplas oportunidades para ambas as companhias dentro do setor automotivo”, complementa.

“Esta tecnologia se encaixa perfeitamente em nossa capacidade de produzir mangueiras e tubulações”, afirmou Bill Carroll, COO e presidente interino da Dana. “Poderemos utilizar equipamento, ferramental e o processos já existentes para fabricar este produto inovador”.

Muitos fabricantes automotivos em todo o mundo estão começando a utilizar a tubulação multicamadas em PBN para ajudar a atender as exigências PZEV (2006 Partial Zero Emission Vehicle), especialmente em tanques de combustível e sistemas de fornecimento de combustível.

A nova tubulação multicamadas PBN é composta de cinco diferentes camadas: uma camada central de PBN, duas camadas adesivas e as camadas interna e externa de Nylon-12.

A Dana utilizou o polibutileno naftalato pela primeira vez em 2002, na produção de dutos de combustível de camada única de PBN dentro do tanque, para resistência a altas temperaturas.