DANA 100 ANOS: Ford 1917 também está no museu da Ulbra

A Dana desenvolve diversos projetos culturais, entre eles uma parceria estabelecida há alguns anos com o Museu da Tecnologia da Ulbra, localizado na cidade de Canoas. Essa união permite importante suporte a um dos mais importantes acervos automobilísticos da América Latina e um dos maiores do mundo em quantidade e diversidade de modelos. O veículo que o Canal Dana apresenta hoje é o Ford 1917.


O Museu da Tecnologia da Ulbra possui vários modelos Ford em seu acervo. Um deles é um 1917 preto, de quatro portas, carroceria aberta e rodas de madeira, que foram de série até janeiro de 1926, quando as rodas raiadas passaram a ser oferecidas como opcional. Os tipos de carroceria produzidos naquele ano eram o Touring, de três portas, Runabout, Coupe e Sedan, de duas portas, Town Car de quatro portas (que é o carro que você pode ver no Museu), e ambulância.


Os modelos Ford estão entre os principais carros do século XX e foram responsáveis por colocar o mundo sobre rodas, numa época em que os veículos não passavam de carruagens motorizadas exclusivas para os mais ricos.


Na fábrica da Ford daquela época, os chassis e carroceria percorriam linhas diferentes, sendo montados gradativamente até serem unidos e terminados. A Ford optou por soluções simples e baratas que, com a produção em larga escala, ficaram com custo ainda menor.

Saiba mais sobre o Ford 1917 clicando aqui.

A história da Dana se funde com a da indústria automobilística. A cruzeta, uma junta universal que é a base da solução de tração inventada e patenteada por Clarence Spicer há 100 anos, segue movendo veículos em todo o planeta, e a busca constante por inovação segue norteando nossas ações, integrando sistemas, otimizando recursos e fazendo nossos clientes vencerem. Para comemorar o nosso centenário, trazemos para você carros do incrível Museu de Tecnologia da Ulbra, do Rio Grande do Sul, verdadeiros ícones de uma paixão que movimenta o mundo. Dana, 100 anos trazendo tecnologia até você.