Acervo cultural Dana faz “tour” por chão de fábrica da DaimlerChrysler

Exposição ficou na linha final de montagem de caminhões, local que recebeu visita da alta direção da empresa na Alemanha

A exposição “Lampião, uma viagem pelo cangaço”, que faz parte do acervo cultural da Dana, está fazendo uma turnê nesta semana pelo chão de fábrica da DaimlerChrysler, em São Bernardo do Campo.

Na segunda-feira, a mostra composta por 26 painéis ficou em meio à linha de montagem final de caminhões, que produz 74 veículos por turno. O local recebeu a visita da alta direção da empresa na Alemanha, acompanhada pelo vice-presidente da DaimlerChrysler do Brasil, Ronald Linsmayer.

Além disso, aproximadamente 1.700 funcionários tiveram acesso à mostra promovida pela Dana. Na terça-feira à noite, Lampião… foi para a planta produtora de eixos, onde deve ficar até amanhã.

A exposição reúne fotos históricas e raras, ilustrações e textos, que fazem um relato imparcial e aprofundado do cangaço no Brasil e do seu principal personagem: Virgulino Ferreira, o Lampião. A mostra é única: nasceu da pesquisa da neta de Lampião, a ex-jornalista da Rede Globo Vera Lúcia Ferreira, e do historiador Antônio Amaury Correia de Araújo, autor de seis livros sobre o cangaço. Eles estudam Lampião há 29 e 49 anos, respectivamente.

A Dana mantém um acervo de exposições temáticas – cada uma traz dezenas de painéis, com fotos raras, históricas, ilustrações e textos (infográficos), que abordam com profundidade temas interessantes e desconhecidos da cultura brasileira. Além de “Lampião, uma viagem pelo cangaço”, a Dana também promove por todo o Brasil outras exposições, como “Janela Mágica” – história e evolução da TV no Brasil; e “Brasil, Terra à Vista” – uma visão do descobrimento do País.

Para mais informações sobre o projeto Dana Cultural acesse www.dana.com.br/cultural.