Cardans conquista IATF16949

Cardans conquista IATF16949

 

Preparação para obtenção da IATF levou dez meses e envolveu todos os funcionários do Cardan

A operação de Cardans, em Gravataí (RS), conquistou em outubro a certificação IATF, que define os requisitos de gestão da qualidade para organizações da indústria automotiva. A operação foi a primeira na América do Sul, quarta na Dana global e a única do grupo de produtos para cardans no mundo a obter o título, sendo referência na região e no grupo de produtos pelo padrão conquistado.

Criada em 2016 e concedida pela International Automotive Task Force, a certificação IATF16949 é considerada o novo padrão de qualidade na indústria automotiva mundial e uma evolução da norma ISO/TS 16949. Baseia-se na busca da melhoria contínua com ênfase na prevenção de defeitos, inclusão de requisitos e ferramentas específicas do setor e a redução da variação e dos resíduos na cadeia de abastecimento. Conquistar a certificação mostra o quanto uma operação está apta a atender os padrões internacionais para fornecimento de componentes. “A IATF é um complemento de normas que já seguíamos, mas traz adições importantes em gestão de risco, resíduos e foco no cliente. Mas não começamos do zero, nosso sistema de qualidade é bastante maduro e foi a base da ampliação do processo”, afirma o Supervisor de Qualidade, Marcos Leão.

Um dos desafios que fornecedores como a Dana tem é atender aos requisitos de cada um de seus clientes, que até então tinham seus próprios conjuntos de normas. Com o reconhecimento, a Dana demonstra seu foco e preparo, além capacitar a operação para participar de novos negócios e mesmo manter os atuais. “São processos mais sólidos e capazes de manter os negócios, de se diferenciar da concorrência e quem começa antes, tem vantagens”, argumenta o Gerente de Engenharia de Processo e Qualidade, Selvino Alegranzi.

Grupo de 25 colaboradores participou estrategicamente do processo de preparação que culminou na IATF

Envolvimento total

A equipe que liderou a busca pela nova certificação é composta por 25 pessoas, mas os 600 colaboradores da operação participaram ativamente do processo ao longo de dez meses de trabalho. “Um componente importantíssimo nessa história são as pessoas, nossa maior riqueza. Cada um de nós tem um papel importante e acima de tudo, é um trabalho em equipe”, finaliza José Marchiori, Coordenador de Qualidade.

Share This: