Patrimônio Histórico

Patrimônio Histórico

Restauração de espaços públicos

Igreja Das Dores
Igreja Nossa Senhora das Dores - Foto: Leandro Selister

Igreja Nossa Senhora das Dores

A Dana foi uma das empresas apoiadoras da restauração da Igreja Nossa Senhora das Dores. Situada nos altos de uma escadaria no Centro de Porto Alegre, é a mais antiga igreja da capital gaúcha: foi construída de 1807 a 1906 e tombada em 1938. O minucioso trabalho de restauração, iniciado em 1995, ganhou apoio da Dana e da indústria de autopeças GKN no ano de 2000. Dois anos depois, o projeto da troca das instalações elétricas e telefonia foi aprovado pela Lei de Incentivo à Cultura, o que deu início aos trabalhos com investimentos da Dana e da GKN.

A segunda parte da renda doada foi utilizada na montagem dos andaimes e canteiro de obras, além da área para coordenação da obra. A restauração propriamente dita também começou nesta etapa, quando foram retirados os dosséis que ficam nos altares – e que depois passaram por limpeza, desinfestação e nivelamento de lacunas.

Em seguida, foi trabalhada a restauração da parte interna da Igreja e a recuperação dos bens integrados. A restauração do forro, das pinturas dos murais e dos altares foi finalmente concluída em 2007, ano em que também foi assinado o contrato que deu início a uma nova e importante fase nas obras de restauração da igreja. A recuperação fez parte do programa Monumenta, uma parceria do Ministério da Cultura com a prefeitura da capital gaúcha e contou o apoio da Dana e de outras empresas.

Multipalco Theatro São Pedro

Multipalco Theatro São Pedro
Multipalco Theatro São Pedro. Foto: João Pires

“Para aplaudir tem que abrir a mão”. Foi com este lema que, em 1986, começaram as obras do Multipalco – Complexo Cultural Theatro São Pedro: um projeto grandioso com 18 mil metros de espaços totalmente voltados para a cultura. A busca por parceiros implícita no slogan não era por acaso: sem eles, a obra de R$ 26 milhões seria praticamente impossível acontecer. Em 2003, a Dana passou a ser uma das empresas parceiras do projeto. Além disso, a Dana também participou da recuperação do Theatro São Pedro quando a casa de espetáculos foi restaurada, há mais de 30 anos.
A história do Theatro São Pedro iniciou em agosto de 1833, com a doação, por parte do presidente da Província, Manoel Antônio Galvão, de um terreno destinado à construção de um teatro no centro da capital gaúcha. Inaugurado em 27 de junho de 1858, grandes espetáculos marcaram os seus 115 anos de existência, até o seu fechamento, em 1973, por falta de condições técnicas para dar continuidade as suas atividades.

Reaberto em 27 de junho de 1984, após o trabalho de restauração dirigido por Eva Sopher, Presidente da Fundação Theatro São Pedro, o teatro vem operando, diariamente, com uma intensa programação em todos os setores.

Biblioteca Pública do Estado

Biblioteca Pública do Estado do Rio Grande do Sul
Biblioteca Pública do Estado do Rio Grande do Sul. Foto: Télia Negrão

A Biblioteca Pública do Estado do Rio Grande do Sul foi criada em abril de 1871, mas somente em 1922 abriu as portas de sua sede definitiva, na Rua Riachuelo, Centro de Porto Alegre. A Biblioteca possui um acervo de aproximadamente 200 mil volumes, todos à disposição da comunidade.

Em agosto de 2004, a Dana propôs uma importante parceria à Biblioteca: a modernização do setor braille da Biblioteca Pública e a modernização e informatização do Complexo de Bibliotecas, composto pela Biblioteca Pública do Estado e também por bibliotecas de bairro – Biblioteca Pública Lígia Meurer, Biblioteca Pública Romando Reif e Biblioteca Pública Leopoldo Boef.

Os equipamentos da Biblioteca Pública do Estado, que foram modernizados em 1996, já estavam defasados. Com o apoio da Dana, foi possível munir o Complexo de Bibliotecas com equipamentos de última geração, além de prover internet banda larga, scanners e um maior número de computadores aos usuários. Estas bibliotecas também tiveram todos os seus serviços informatizados, possibilitando a criação de um banco de dados único – uma grande facilidade para a comunicação entre elas.

Além disso, a Dana também apoiou a compra das impressoras, lupa eletrônica – que amplia o livro na tela da televisão, para quem tem baixa visão –, uma máquina de escrever Perkins e também dois computadores com softwares específicos para deficientes visuais.

Catedral Metropolitana de Porto Alegre

Catedral Metropolitana de Porto Alegre
Catedral Metropolitana de Porto Alegre. Foto: André Simão

Considerada um cartão-postal da capital gaúcha, a Catedral Metropolitana de Porto Alegre, também chamada de Paróquia Nossa Senhora Mãe de Deus – mas ainda mais conhecida por Igreja da Matriz, por estar situada na Praça da Matriz – é um dos mais exuberantes monumentos do Estado.

A Catedral foi construída entre 1921 e 1986 a partir do projeto do arquiteto italiano João Batista Giovenale, na época professor da Academia de Belas Artes São Lucas de Roma e membro da Comissão de Arte Sacra da Basílica de São Pedro. A magnífica cúpula da Igreja possui 65 metros de altura do nível da praça, com um diâmetro interno de quase 18 metros. Com o passar dos anos, esta magnitude da cúpula ficou visivelmente danificada: o mármore que a revestia estava lotado de infiltrações e bastante escuro, devido à ação da poluição do coração da cidade.

Através da Lei Rouanet, a Dana foi uma das empresas apoiadoras no projeto de restauração da cúpula, que devolveu a beleza e o respeito a este importante patrimônio do Rio Grande do Sul. Quatro toneladas de cobre foram compradas para revestir a cúpula, que foi reinaugurada no dia 21 de março de 2006.

ARTIGOS SEMELHANTES

Zeca Baleiro, maestro Tiago Flores e Orquestra da Ulbra - Foto: Fernanda Chemale

Yamandu Costa