Senhas: saiba como usar melhor

De tanto ouvir histórias escabrosas sobre hackers que descobriram as senhas de usuários da Internet, apostamos que você provavelmente foi obrigado a carregar consigo as senhas que usa no seu dia-a-dia. O primeiro passo para livrar-se deste problema: você deve escolher diferentes – e boas – senhas para o seu login na empresa, contas on-line (sejam elas de e-mail, de banco, etc.) e assuntos pessoais (como compras on-line usando o cartão de crédito, por exemplo).

Mas quando você sabe que tem uma boa senha?

Para começo de conversa, nunca use a palavra “senha” ou “password” como sua senha. Ou seu nome, aniversário, endereço, número de telefone ou nome do seu bicho de estimação. Pense no nome de um personagem de um livro relativamente desconhecido, como “Autolycus”. Você acha que esta seria uma boa senha? Pense novamente. Um computador pode ser programado para procurar pelo nome de todos os personagens de Shakespeare num piscar de olhos – e em poucos minutos, um hacker poderá ter acesso à sua conta no banco, caso tente acessá-la no site do seu banco.

Dicas para o uso de senhas

Antes que você saiba como deve criar uma boa senha, aqui vão algumas dicas gerais:

Considere que suas senhas precisam ser melhores e mais elaboradas para algumas coisas, enquanto as senhas mais simples ainda podem ser mantidas para outras. Por exemplo, em áreas de pouco risco, como sites de notícias, você pode continuar usando senhas fáceis de lembrar – você pode até mesmo usar a mesma senha para vários sites. Para questões mais importantes, como o seu login do trabalho ou do sistema on-line da sua conta no banco, use uma senha diferente e difícil de adivinhar. Estas senhas de forma alguma devem ser repetidas. Desta forma, se uma das suas senhas estiver comprometida ou for descoberta por alguém, outras áreas da sua vida não serão afetadas por isso.

Para a maioria das pessoas, ter muitos itens no seu dia-a-dia que requerem segurança extra dificulta com que várias senhas elaboradas sejam memorizadas. Ao invés de decorar suas senhas, armazene-as em um lugar seguro, como em um arquivo em uma parte protegida do seu computador, no seu palm (devidamente protegido por uma senha) ou mesmo em um pedaço de papel que está trancado em um lugar seguro.

Não divida as suas senhas, com ninguém – isso inclui não enviá-las por e-mail, também.

Jamais digite uma senha para uma coisa importante (a conta do banco, por exemplo), em uma página da web não-segura. É possível que um hacker que monitora o tráfego na web obtenha a sua senha dessa maneira. Certifique-se de que estas páginas (como a do banco ou de serviços de venda de produtos on-line), sejam protegidas e seguras (em páginas seguras há um pequeno cadeado na base do navegador).

Criando uma boa senha

Aqui vão algumas idéias para criar uma senha única e diferenciada:

Use uma longa seqüência de caracteres randômicos. Inclua uma mistura de caracteres maiúsculos e minúsculos, se possível use também sinais de pontuação.

Para senhas fáceis de serem lembradas, comece com uma frase, verso ou pedaço de uma letra de música. Omita algumas letras e transforme outras em números ou marcas de pontuação que lembrem a letra original. Por exemplo, a frase “You will be welcomed” pode ser transformada em “UW1llBvv3lc0meD”. E, é claro, não use nosso exemplo como senha – todos que lerem este texto saberão!

Boas senhas têm mais de oito letras e uma mistura de diferentes tipos de caracteres (maiúsculos e minúsculos).

Evite usar nomes de cidades, de ruas, de pessoas (reais ou personagens), do seu bicho de estimação, números de telefone, aniversários ou combinações destes dados.

As suas senhas devem ser criadas de forma complexa, com no mínimo oito caracteres e mesclando-se caracteres maiúsculos com minúsculos além da inserção de números e caracteres especiais (#,$,%,}> por exemplo). Não deveriam ser datas comemorativas, ou nomes de pai, mãe, filhos, esposos, etc., podendo-se utilizar frases inteiras para ficar mais fácil a memorização, que é o principal problema para os usuários que têm de memorizar muitas senhas e ainda não utilizar a mesma senha em vários aplicativos diferentes.

Ferramentas

Existem softwares para guardar as senhas – procure nas ferramentas de busca por “password” ou no site de downloads (www.download.com). Existem também sistemas operacionais como o Mac OS, da Apple, que tem o Keychain, um dispositivo que lembra as senhas e usa conforme necessário, além dos próprios palms que podem ser igualmente protegidos por uma senha. O fato é que cada vez mais temos que viver com soluções para alguns problemas que não tínhamos. Senhas é um deles…