Operações brasileiras da Dana são premiadas globalmente pela sua excelência

Quatro operações brasileiras da Dana em Sorocaba, São Paulo, e Gravataí, no Rio Grande do Sul, conquistaram o Prêmio DOS – Dana Operating System em cinco categorias por sua excelência e desempenho superiores ao longo de 2015.

 

As premiações foram:

– Segurança: Eixo Dianteiro Não-tracionado, Sorocaba
– Qualidade: Fora-de-Estrada, Gravatai
– Produtividade: Eixo Diferencial Pesado, Sorocaba
– Melhor DOS: PTG, Gravatai
– Gold Award (melhor planta do grupo PTG no mundo): PTG, Gravatai

Esta não é a primeira vez que as operações brasileiras da Dana conquistam o Prêmio DOS. As operações de Cardans, Fora-de-Estrada, Suspensão e Tecnologias de Força já haviam sido premiadas nos anos anteriores.

“Este importante reconhecimento global muito nos orgulha e inspira nesta busca incansável e necessária pela melhoria continua. Por intermédio do trabalho e dedicação dos nossos times nos aprimoramos e seguimos nesta jornada, sempre focados em melhor atender nossos clientes, sendo mais competitivos e eficientes. O Prêmio DOS reforça a importância que a Dana dá para a Excelência Operacional e segurança de nossos colaboradores, atestando também a validade dos nossos esforços, para seguirmos na batalha por uma melhor colocação no ano que vem de todas nossas operações e funções”, destaca Raul Germany, Country Leader da Dana no Brasil.

Para Nelson Wagner, gerente sênior de Excelência Operacional da Dana no Brasil, esta é uma importante conquista dos times da empresa e resultado do esforço e engajamento contínuos, comprovados pelos outros Prêmios DOS que já recebidos anteriormente. “Mas este reconhecimento é ainda mais importante porque pode ser visto nas melhorias que juntos construímos em nossas operações, destacadas por visitantes de dentro ou de fora da Dana.

 

Agora, além de seguirmos aprimorando nossos KPIs operacionais, registrando e acompanhando no sistema APEX, temos a missão de expandir o DOS para as áreas de função, trabalhando juntos para tornar o Sistema Operacional Dana no nosso jeito de fazer as coisas em toda a Dana Brasil. Os resultados, quando vierem, serão bem-vindos e consequência do nosso trabalho, que é o que de fato buscamos.”

Prêmio DOS

 

A Dana adotou em 2008, para todas suas operações mundiais (são quase 100), o DOS, Dana OperatingSystem, um “sistema operacional” composto por diversas ferramentas que estabelecem uma cultura, que apesar de baseado no Sistema Operacional da Toyota (TPS), combina outras ferramentas importantes de gestão e vai além da manufatura. É um modelo de gestão visual e por indicadores, focado em medir o que se faz e melhorar, alcançando os melhores resultados.

Para incentivar a melhoria continua das operações e ampliar o nível de adoção pelas mesmas, em 2013 foi instituído o“Prêmio DOS”. Baseado no desempenho e indicadores monitorados, reconhece as melhores operações mundiais, nos quatro grupos de produto (Veículos Comerciais;Veículos Leves; Fora-de-Estrada, e Tecnologias de Força (Power Technologies, que contempla as operações de Gerenciamento Térmico e Vedação).

As categorias são, para todos os grupos de produto:Segurança, Qualidade, Entregas, Produtividade, DOS, Jishuken (um workshop focado na melhoria de processos e resultados). Cada grupo (Veículos Comerciais; Veículos Leves; Fora-de-Estrada, e Tecnologias de Força)reconhece também, como Prata e Ouro, suas melhores plantas, e por fim há o Diamond Award para a melhor planta mundial em todos os quesitos.