Dana recebe prêmio na Europa por tecnologia para células de combustível

Placa bipolar integrada desenvolvida pela Dana permite custos mais baixos e representa importante evolução para produção em série no futuro

A divisão de Produtos de Vedação da Dana na cidade de Neu-Ulm, Alemanha, foi homenageada com o prêmio “Gold f-cell”, entregue durante a conferência anual de células de combustível realizada naquele país. Criado em 2001 e oferecido pela Wirtschaftsförderung Region Stuttgart GmbH (Instituição para o Desenvolvimento Econômico da Região de Stuttgart), o reconhecimento distingue as empresas que desenvolvem soluções inovadoras para células de combustível e inspiram outras criações neste segmento.

Há alguns anos, a Dana desenvolve com sucesso componentes para células de combustível, tanto para aplicações móveis quanto estacionárias. O prêmio “Gold f-cell” foi atribuído ao módulo de placa bipolar integrado. A inovação proporciona custos mais baixos que os atuais e possibilita chegar mais perto dos objetivos para tornar viável a produção em larga escala da célula de combustível.

A placa bipolar é um dos mais importantes componentes da célula de combustível. Devido ao grande número de placas necessárias para a formação de uma célula, esse componente responde por grande parte do custo total do sistema, ainda é muito elevado. Graças à sua tecnologia inovadora, a Dana produziu um módulo da placa bipolar com um sistema de vedação dos gases integrado, o que significa menor custo de produção e maior possibilidade de o componente ser produzido em série no futuro.

Em comparação com a tecnologia anterior, o módulo com o sistema de vedação integrado também tem menor peso, fator fundamental para aplicações móveis e sistemas de alta performance dos automóveis.

Centros mundiais de pesquisa

A Dana possui cinco Centros Mundiais de Pesquisa e Suporte para Células de Combustível, nas cidades de Neu-Ulm (Alemanha), Paris (Tennessee/EUA), Oakville (Ontário/Canadá), Rugby (Inglaterra) e Toyohashi (Japão). “A Dana criou uma rede global de centros de suporte e pesquisa para células de combustível, cada um com ênfase em uma área específica”, afirmou Mike Laisure, presidente do Grupo de Sistemas Automotivos da Dana. “Nosso objetivo é colaborar para que os fabricantes de células de combustível tenham sucesso tornando essa fonte de energia comercialmente viável no futuro”, finaliza.

Hoje, além das placas bipolares, a Dana já possui capacidade para atender aos fabricantes de células com uma vasta gama de produtos, como vedações, trocadores de calor, mangueiras, bombas elétricas de água, filtros ou componentes para reformadores (equipamentos que extraem hidrogênio de combustíveis convencionais).