DANA NO SALÃO DO AUTOMÓVEL: “Vending Machine Solidária” inova ação de distribuição de brindes

A partir de hoje, a Dana mostra no Salão do Automóvel que responsabilidade social faz parte de sua filosofia. Pela quarta vez em um evento, a empresa vai instalar em seu estande a “Vending Machine Solidária”, uma iniciativa que revoluciona a clássica ação comercial de distribuição de brindes em eventos ao inseri-la em um contexto de responsabilidade social.

A “Vending Machine Solidária” é uma espécie de máquina convencional de fichas que, em vez de refrigerantes ou salgadinhos, contém brindes da Dana. O visitante compra as fichas a R$ 2 cada, insere na máquina e retira seu brinde. Uma ficha dá direito a um adesivo e três a uma miniatura do Fittipaldi FD 01 em papel para montar (o verdadeiro FD 01 está exposto no estande). Toda a renda será revertida para instituições assistenciais de Osasco (SP) apoiadas pela empresa.

“Muitas empresas têm programas voltados à responsabilidade social, mas a maioria confunde com filantropia. Programas como motivação para que funcionários ajudem entidades ou doações a creches e asilos são comuns. Nós estamos inovando ao combinar os processos de negócios com as atividades de responsabilidade social de forma agressiva”, explica Luciano Pires, diretor de Comunicação Corporativa da Dana.

A “Vending Machine Solidária” aproveita os materiais que normalmente são distribuídos gratuitamente nas feiras, para arrecadar recursos. “É uma ação que aconteceria de qualquer forma, mas que, ao ser tratada com criatividade, torna-se uma fonte de recursos para as comunidades carentes. Inovação tem que ser tratada de forma compreensiva. Tem que estar nos produtos, nos processos, nos serviços, nos mercados, no relacionamento. Estamos mostrando que mesmo nas ações de cidadania é possível inovar”, finaliza Luciano Pires.

Venha participar conosco!