DANA APRESENTA NOVOS EIXOS QUE MELHORAM O DESEMPENHO DE CAMINHÕES MÉDIOS E ÔNIBUS

A Dana apresentou na IAA 2010 – Exposição de Veículos Comerciais IAA 2010 , realizada em setembro, em Hannover, na Alemanha, o novo eixo Spicer ® G140 Series para veículos comerciais médio-pesados. O componente foi desenvolvido com o objetivo de reduzir custos de manutenção e aumentar a economia de combustível, o conforto do operador, a carga útil e a produtividade geral do veículo.

Os eixos Spicer ® G140 Series de redução simples são ideais para chassis de veículos comerciais de até 15 toneladas de capacidade, de acordo com a avaliação do Peso Bruto do Veículo (PBT), incluindo caminhões urbanos e regionais, mini-ônibus, ônibus, veículos de resgate, viaturas municipais e de utilidade.

“Durante o desenvolvimento dos eixos Spicer ® G140 concentramos nossos esforços para ajudar proprietários de frotas de médio-pesados a aprimorar o desempenho de seus veículos”, disse Steve Slesinski, diretor de gerenciamento do Grupo de Produtos de Veículos Comerciais da Dana. “Com este produto, a Dana mantém a sua posição de líder no fornecimento de tecnologia de eixos para o segmento médio-pesado”.

Os eixos Spicer G140 Series são 38,5 kg mais leves em relação aos modelos anteriores da Dana para médio-pesados e 45 kg em comparação aos outros disponíveis no mercado – o que proporciona economia de combustível, aumento da capacidade de carga e peso equilibrado dos sistemas de emissão de bordo. A lubrificação também foi otimizada, com redução de 32”, o que facilita a manutenção e colabora para a preservação do meio ambiente.

“Os níveis de NVH (Ruído, Vibração e Aspereza) também foram aprimorados em 240” em relação aos outros modelos disponíveis no mercado para o mesmo PBT graças à nova distância do solo, 23 milímetros maior”, comenta Steve Slesinski.

Aperfeiçoados para serem utilizados em veículos com torque de até 1.100 Nm e potência de até 300 cv, os eixos Spicer G140 Series também estão disponíveis com opções para operação privilegiada, incluindo freio de estacionamento com transportador integrado ou montagem de retardador eletromagnético; projeto de via larga para máxima estabilidade; projeto patenteado de respiro do eixo, que fornece fluxo de ar livre e minimiza o risco de vazamentos devido ao eixo de pressurização; e suportes de suspensão integrais, soldados para maior resistência e durabilidade.