DANA 100 ANOS: Corvette 1997 com formas mais curvas e modernas

Há alguns anos, a Dana firmou uma parceria com o Museu da Tecnologia da Ulbra, localizado na cidade de Canoas (RS), visando apoiar um dos mais importantes acervos automobilísticos da América Latina e um dos maiores do mundo. Hoje, o Canal Dana conta detalhes do Corvette 1997, esportivo americano que reúne uma legião de fãs no mundo todo.
Em 1996, os admiradores do Corvette se preparavam para a chegada do chamado C5. O novo carro era maior, mais largo, mais potente e – principalmente – mais bonito que o modelo anterior. As linhas retas deram lugar a uma carroceria mais arredondada, com formas mais curvas e modernas, sem perder uma característica marcante do Corvette: continuou a ser confeccionada em fibra de vidro reforçada com poliéster.
O Corvette da Ulbra é um Coupe, cor Branco Ártico, equipado com motor LS-1 de 345 cv e transmissão automática de quatro marchas M30. No ano-modelo 1997, foram produzidos poucos Corvette, todos cupê: exatos 9.752 carros, dos quais 1.341 (cerca de 13,7% do total) na cor Branco Ártico. O preço desse carro, em 1997, sem opcionais, era de US$ 37.495.

Veja fotos e saiba mais detalhes sobre o Corvette 1997 clicando aqui.

A história da Dana funde-se com a da indústria automobilística. A cruzeta, uma junta universal que é a base da solução de tração inventada e patenteada por Clarence Spicer há 100 anos, segue movendo veículos em todo o planeta, e a busca constante por inovação continua norteando nossas ações, integrando sistemas, otimizando recursos e fazendo nossos clientes vencerem. Para comemorar o nosso centenário, trazemos para você carros do incrível Museu de Tecnologia da Ulbra, do Rio Grande do Sul, verdadeiros ícones de uma paixão que movimenta o mundo. Dana, 100 anos trazendo tecnologia até você.