DANA 100 ANOS: Conheça detalhes do Packard 120 1940

Há alguns anos, a Dana firmou uma parceria com o Museu da Tecnologia da Ulbra, localizado na cidade de Canoas (RS), visando apoiar um dos mais importantes acervos automobilísticos da América Latina e um dos maiores do mundo. Hoje, o Canal Dana conta detalhes de um dos modelos expostos no museu, o Packard 120 1940.


Para o ano de 1940, o modelo 120 da Packard recebeu algumas alterações em relação ao veículo de 1939. A grade e as aberturas encontradas nas laterais dos capôs dianteiros ganharam novo desenho (eram dois capôs, um de cada lado, como era comum naquela época), e os faróis do tipo selado foram fixados diretamente nos pára-lamas.

O Packard 120 possuía ainda, como equipamentos de série, rodas tipo disco com calota e freios hidráulicos, além de estepes montados nos estribos, rádio e farol tipo spot como opcionais. Foram produzidos 28.138 unidades dessa versão.

A marca Packard é pouco conhecida no Brasil, principalmente pelos mais jovens, que não tiveram oportunidade de conviver mais profundamente com esses carros.

Para saber mais e ver as fotos do Packard 120 clique aqui.

A história da Dana se funde com a da indústria automobilística. A cruzeta, uma junta universal que é a base da solução de tração inventada e patenteada por Clarence Spicer há 100 anos, segue movendo veículos em todo o planeta, e a busca constante por inovação segue norteando nossas ações, integrando sistemas, otimizando recursos e fazendo nossos clientes vencerem. Para comemorar o nosso centenário, trazemos para você carros do incrível Museu de Tecnologia da Ulbra, do Rio Grande do Sul, verdadeiros ícones de uma paixão que movimenta o mundo. Dana, 100 anos trazendo tecnologia até você.