DANA 100 ANOS: Conheça algumas curiosidades do Cadillac Coupe De Ville 1963

Há alguns anos, a Dana firmou uma parceria com o Museu da Tecnologia da Ulbra, localizado na cidade de Canoas, visando apoiar um dos mais importantes acervos automobilísticos da América Latina e um dos maiores do mundo. Hoje, o Canal Dana conta detalhes de um dos modelos expostos no museu, o Cadillac Coupe De Ville 1963.

O Coupe De Ville “62 Series” que está no Museu da Tecnologia da Ulbra passou por um minucioso processo de restauração. O carro se encontrava num depósito, servindo de passagem (capôs e teto) para que as pessoas pudessem alcançar os carros que estavam atrás dele. Ou seja, estava totalmente pisoteado.

No ano 1963, o Cadillac sofreu algumas mudanças estéticas quando comparado ao modelo do ano anterior, tanto na parte da frente quanto na traseira. O famoso “rabo-de-peixe” continuou, numa tendência que prevaleceu entre os anos de 1948 e 1964 na linha Cadillac.

O motor V8 390, que equipava o Coupe De Ville, também teve grandes alterações. Diâmetro e curso dos cilindros apresentavam novas medidas, assim como válvulas balanceiros, cabeçote, virabrequim (mais forte), bloco 25 quilos mais leve, etc. O Cadillac custava US$ 5.386, sendo o mais barato da linha.

Clique aqui e conheça o Cadillac Coupe De Ville 1963.

A história da Dana se funde com a da indústria automobilística. A cruzeta, uma junta universal que é a base da solução de tração inventada e patenteada por Clarence Spicer há 100 anos, segue movendo veículos em todo o planeta, e a busca constante por inovação segue norteando nossas ações, integrando sistemas, otimizando recursos e fazendo nossos clientes vencerem. Para comemorar o nosso centenário, trazemos para você carros do incrível Museu de Tecnologia da Ulbra, do Rio Grande do Sul, verdadeiros ícones de uma paixão que movimenta o mundo. Dana, 100 anos trazendo tecnologia até você.