AQUI TEM DANA:Parceria com Prefeitura de Gravataí e Governo do Estado cria restaurante Prato Popular

A parceria entre a Dana, Puras, Kaiser, Prefeitura de Gravataí e Governo do Estado, possibilitou a criação do primeiro restaurante comunitário Prato Popular no município de Gravataí, na Grande Porto Alegre. A partir desta segunda-feira (13/10) serão servidas até 300 refeições diárias pelo preço de R$ 1,00 no restaurante aberto à comunidade e localizado na Rua Coronel Sarmento 1426 .

Segundo Hugo Ferreira, presidente da Dana na América do Sul, o apoio de empresas como a Dana, Puras e Kaiser, à iniciativa da prefeitura e do governo estadual é muito importante para a comunidade e pode ser replicada em todo o Rio Grande do Sul, graças à lei estadual que instituiu o Programa de Apoio àInclusão e Promoção Social. Também conhecida como a Lei do Restaurante Popular, foi regulamentada pelo Decreto nº 42339, de 11/julho/2003, com republicação em 25/julho/2003, e altera o atual regulamento do ICMS, concedendo às empresas que financiarem projetos aprovados pelo Conselho Estadual de Assistência Social, nos termos da Lei 11853, o direito ao Crédito Fiscal Presumido, equivalente ao percentual de 75 % do valor comprovadamente aplicado no projeto.

“O Prato Popular tem tudo para ser multiplicado em muitas outras cidades. Nossa participação reflete o foco da Dana nas ações sociais (nas comunidades em que temos operações), como o Projeto Dana Cultural, e visa motivar outras empresas a aderirem a essa iniciativa”, explica o presidente da Dana América do Sul.

O restaurante Prato Popular de Gravataí conta com a participação da prefeitura do município, responsável pela locação do espaço, infra-estrutura e contratação da equipe de atendentes, e das empresas Dana, Puras e Kaiser, responsáveis pela elaboração dos pratos, preparados diariamente na cozinha industrial do Complexo Industrial da Dana, em Gravataí, e transportados para o restaurante em containeres térmicos. A previsão é de que sejam servidas até 300 refeições/dia, ou cerca de 6.600/mês ao preço de R$ 1,00. O cardápio diário terá arroz, feijão e salada (todos de livre consumo), carne (uma porção) e complemento (uma porção).

Projeto-piloto

O Prato Popular Restaurante Comunitário nasceu da vontade e da iniciativa de João Vontobel, executivo da Vonpar, terceira maior distribuidora de produtos Coca-Cola no Brasil. O projeto tem por objetivo proporcionar refeições com qualidade para uma população menos favorecida, através do desenvolvimento do espírito de responsabilidade social nas empresas.

A primeira unidade do restaurante comunitário foi inaugurada, em Porto Alegre, no primeiro semestre, no prédio da antiga fábrica da Vonpar, e marcou também o lançamento do Programa de Alimentação e Nutrição do Estado do Rio Grande do Sul. “Esse novo restaurante comunitário em Gravataí deve servir como modelo para outras empresas, atendendo a necessidade do desenvolvimento de um grande programa de instalação de locais similares nesta e em outras cidades. Outro facilitador é que qualquer companhia que possua uma cozinha industrial pode participar, otimizando suas instalações e reduzindo sensivelmente o investimento necessário”, destaca Hugo Ferreira.

A implantação da unidade de Gravataí envolveu a aplicação de cerca de R$ 100 mil, investidos pela prefeitura e pelas as empresas parceiras, e terá um custo de manutenção avaliado em até R$ 10 mil mensais, em média. O projeto dos restaurantes populares é concebido a partir da contribuição das empresas, que assumem o valor da diferença entre o preço de R$ 1,00, cobrado dos freqüentadores, e custo da operação e da preparação das refeições.