AQUI TEM DANA HÁ 59 ANOS

Há exatos 59 anos, no dia 10 de julho de 1947, nascia no Rio Grande do Sul a Albarus, hoje Dana. Fundada pelo imigrante alemão Ricardo Bruno Albarus, a então Albarus & Cia começou como uma pequena oficina mecânica de precisão e, gradualmente, especializou-se na produção de peças para a crescente frota de veículos importados que circulavam pelo País.

Até 1948 as cruzetas da junta universal não faziam parte da linha de produtos da Albarus. Um dia, um cliente entrou na sala de Ricardo Bruno Albarus, colocou uma cruzeta sobre sua mesa e perguntou se a empresa poderia produzir mil unidades iguais àquela. A primeira encomenda para a produção dessas peças chegou à empresa naquele ano, pela empresa Figueiras, de Porto Alegre, e tinha como destino o mercado de reposição de autopeças para os veículos utilitários da marca Jeep. Pouco depois a Ford “descobriria” a Albarus. O primeiro pedido da montadora mudou o destino da empresa e marcou o início da produção de cruzetas para as montadoras, mas ainda para o mercado de reposição – afinal a indústria automotiva brasileira se estabeleceria alguns anos depois.

Em 1955, por uma sugestão da Ford, Ricardo Albarus aproximou-se da Dana Corporation – então Spicer Manufacturing Co., fabricante norte-americana de eixos cardans – em busca de novas tecnologias. Essa associação selou o início das atividades da Dana no Brasil e foi o seu primeiro investimento fora dos EUA. Em pouco tempo, a Dana assumiu o controle acionário da Albarus e constituiu-se, a partir dos anos 70, em um dos mais importantes fornecedores de autopeças para as montadoras de veículos instaladas no Brasil.

No ano de 1993, a empresa dava seus primeiros passos em direção a um mercado cada vez mais globalizado. Ainda conhecida por Albarus, passou por um período de transição, que introduziu o nome Dana Albarus no mercado brasileiro. Alguns anos depois, a marca Dana ganhou o destaque esperado, mas o nome Dana Albarus permanece ainda hoje em uma das razões sociais da empresa.

Após 59 anos de Brasil, hoje a Dana conta com 4.200 colaboradores e fornece sistemas e componentes automotivos para a maioria das montadoras no País. Conta com 17 unidades industriais e dois Centros de Serviços Compartilhados, nas cidades de Gravataí (RS), Diadema, Osasco, São Paulo, Sorocaba, Taubaté (SP) e Campo Largo (PR), com vendas anuais da ordem de R$ 1,2 bilhão.

Para saber mais sobre a história da Dana no Brasil e no mundo acesse: