AQUI TEM DANA: Chevrolet Rally Team e Mitsubishi Racing se mantêm nas primeiras posições nos Sertões

Lama, erosão, cascalhos e mata-burros. Nada disso foi o bastante para conter os competidores das equipes Chevrolet Rally Team e Mitsubishi Racing no 12º Rally Internacional dos Sertões. Até a etapa de ontem, essas equipes, que contam com o patrocínio da Dana, ocuparam sempre as primeiras posições.


Na sexta-feira, primeiro dia de prova, a dupla Edu Piano e Rogério Almeida (Chevrolet) completou o trecho entre Goiânia e Aruanã (GO), chegando na primeira posição. No sábado, de Aruanã até Porangatu (GO), foi a vez de Guilherme Spinelli e Marcelo Vivolo (Mitsubishi Racing) chegarem em primeiro lugar. Já no domingo, entre o trecho de Porangatu até Palmas (TO), a vitória foi de Edio Fuchter e Milton Pereira (Chevrolet).

Até a etapa de ontem (terceira) a classificação geral é:

1.Maurício Neves/Emerson Cavassin (Mitsubishi L200 Evo), 5h19m43s
2.Guilherme Spinelli/Marcelo Vívolo (Mitsubishi L200 Evo), a 1m36s

3.Ingo Hoffmann/Luiz Carlos Palú (Mitsubishi L200 Evo), a 3m29s

4.Edio Fuchter/Milton Pereira (Chevrolet S10), a 10m22s

5.Klever Kolberg/Lourival Roldan (Mitsubishi L200 Evo), a 11m01s

O navegador Milton Pereira comentou que no terceiro dia de competição “a navegação foi complicada e teve que ser bem precisa, principalmente quanto a comunicação sobre as erosões, lombas, mata-burros. Em virtude disto pudemos manter um ritmo muito bom”.


Já Ingo Hoffmann, fera da Stock Car, está fazendo sua segunda participação no Rally dos Sertões e desde o primeiro dia vem se mantendo entre os três primeiros. “Estou muito contente, andando num ritmo mais próximo das feras do rally e com um bom equipamento. Tá show”, vibrou o alemão.


Sobre o segundo dia de prova, Spinelli, atual campeão do rally, comentou: “Fomos um pouco atrapalhados pela poeira do Klever no segundo dia de prova, que teve um pneu furado e acabamos chegando nele. Mas mesmo assim conseguimos ser rápidos. O carro está perfeito”.


Hoje, os participantes do 12º Rally Internacional dos Sertões disputam o quarto dia de provas, quando percorrem mais 509 km, entre Palmas (TO) e Araguaína (TO), percorrendo um total de 1.837 km desde a largada, no dia 1º de julho, em Goiânia (GO). A previsão é de completarem 4.034 km até o dia 10 de julho, quando chegam em Fortaleza (CE).


Este ano concorrem 206 veículos em todas as categorias com representantes de 16 estados e três países. São Paulo é o estado com o maior número de pilotos inscritos no Sertões 2004. Minas Gerais aparece em segundo, seguido por Rio de Janeiro, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. A prova contará também com a participação de três pilotos estrangeiros: o francês Ludovic Boinard, o holandês Robertus Steijntjes e o japonês Takayuki Mitani, todos na categoria motos.

Para acompanhar os resultados, ler as notícias mais recentes e ver fotos incríveis do rally acesse: www.rallydossertoes.com.br.